O que é o que é

sentir
não só com o tato
mas também com os olhos
com a boca e com o olfato

tentando não me matar

sentindo mais meu corpo

o limite de seu alongar

prestando a atenção

em cada fibra

cada ferida

cada respirar

é como se meu corpo

fosse

lento

para um presente acelerado

será se estou presa

no passado?

Faço arte

me parece

é a síntese

do passado

do presente

e do futuro

E por não saber quem sou

“espontânea

Me sinto inseguro

Por vezes a indecisão

corrói tanto quanto a dúvida

De “se eu me arrepender?”

E se “eu não me arrepender?”

Coisas boas são preciosas

E fáceis de perder

O fogo

A chama é uma delas

Pois sendo um incrível passo

pra o que chamamos de humanidade

Dessa fase terrena

E tão limitada pelos sentidos

Desse corpo e dessa mente

E desse mundo

E dessa humanidade

Mas faz parte

Perder um tempo da vida

Querendo saber o que é a vida

O que é o sentir

O que é a morte

O que é o norte

O que são os sons

O que é o tempo

O que é a consciência

O que é a violência

O que é o poder

O que é essa coisa boa

Que eu sinto quando to contigo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s