Foi só chegar em Campinas que a ansiedade tomou conta do meu ser acordado e adormecido, lúcido e nos sonhos. Mais uma vez, a comparação, a desorientação, a busca por algum sentido no que estou fazendo.

Meus sonhos falam comigo, eles GRITAM o que eu reprimo enquanto estou acordada… é bizarro e fantástico ao mesmo tempo.

  • Sonhei que eu admitia querer largar Economia, que eu aprendia a tatuar, que meu pai admitia não gostar de quem eu sou, de que eu estava transando com uma garota… tudo que me recuso ou não me permito pensar durante o dia.
  • Mas meu Eu na madrugada é cruel, não existe barreiras ou dor que meu Eu não queria transpassar.

Preciso terminar pelo menos Relações Internacionais para ter um diploma e, provavelmente, mais segurança e chances de ter um emprego, além de poder fazer um Mestrado.

Desejo fazer Mestrado fora do país, quem sabe na China ou em Portugal (com bolsa de estudo), conhecer novas culturas e hábitos, novas histórias e vivências.

Nesse meio tempo, gostaria de aperfeiçoar minha arte e, quem sabe, começar a tatuá-la nas pessoas interessadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s