• Sinto que há vida pulsando dentro de mim, porém estou sem saber para onde canalizar essa energia.
  • Sinto também que faço tudo errado, e, consequentemente, meu futuro está fadado ao fracasso.
  • Não me conheço. Não sei quem sou “eu” e nem quais meus desejos.
  • Não sei pelo que sou apaixonada nessa vida (aparentemente, nada), até porque qualquer coisa que me imagino fazendo, não irei fazer “direito” e, assim, fracassar.
  • Me comparo a qualquer pessoa, talvez buscando por validez, talvez querendo alcançar alguma direção de para onde devo ir.
  • Talvez eu me apegue ao “ter dinheiro” para escolher qualquer profissão, pois, apesar de não gostar dela, ao menos poderia alimentar o ciclo consumista que engole nossa existência.
  • Estou cansada de viver assim. É uma tortura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s