Imersa na paixão pueril da juventude. Um amor puro e bom demais para se concretizar por muito tempo.

Como um incêndio, consumimos tudo de bom que encontramos no outro.

Deixando apenas os fantasmas de um amor devastado para trás.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s