Sobre a depressão e suas impressão

Se tu não abrir a porta para o monstro

ele vai entrar de qualquer forma.

Vai arrombar tua porta

quando tu estiver dormindo.

Vai pisotear todas as flores que tu cuidadosamente regou por dias.

Quebrará as janelas que te custaram incontáveis dias consertando.

Ele vai entrar, minha querida.

Vai espalhar todas as tuas inseguranças numa mesa e te servi-las de almoço às 2 da manhã.

Ele vai contar teus erros e enumeras todas as tuas culpas impiedosamente.

Vai entregar todas as tuas pendências e exigir que tu as resolva nesse momento.

E à medida que a noite chega

tu percebe que teu bem-estar é mais importante que as impressões alheias sobre ti.

E esta é a lição que o monstro me trouxe hoje.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s