Por vezes sinto que sempre vou ter esse sentimento de não pertencimento ao mundo.

Posso estar entre várias pessoas conhecidas, num ambiente alegre e acolhedor, porém, uma realidade cruel se abate sobre mim e me sussurra que estou sozinha, não pertenço ali.

Intimidade é algo que prezo bastante em minhas relações. Mas, entre conhecidos, não há tanta intimidade. Talvez possa ter entre eles mesmo. Isso é o bastante para me fazer sentir deslocada no grupo. Assim, fico bastante abalada quando percebo que não tenho ninguém ali com quem eu possa segredar um momento que me é querido, por exemplo. Tenho que superar isso.

Então penso “calma, tu tem teus pais, alguns poucos amigos, etc”.

E é aí que pensamentos ruins são desencadeados.

São pessoas que me fazem sentir parte do mundo como um lar. São os braços dos meus seres amados que me prendem a esta vida solitária. Braços que podem partir a qualquer instante.

Sendo assim, não ficarei para trás por muito tempo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s