1968

Foi no ano  que vi minha mãe chorar

ao ouvir que meu irmão mais velho ia largar a faculdade

Foi quando meu pai voltou bêbado para casa

ao saber que minha irmã mais nova perdeu a virgindade.

Foi quando meu cachorro ficou cego e aleijado

E minha melhor amiga me contou que o namorado batia nela

Foi quando o garoto que eu gostava ficou calado

quando eu perguntei se ele gostava da Isabela.

Nesse ano ouvi no rádio a lista de nome dos desaparecidos

e os nomes dos meus professores de história e filosofia foram anunciados

E no dia seguinte vi homens a cavalo invadirem minha sala

Ninguém se perguntou por que estavam armados.

Foi no ano que percebi que nesse meu país

tem de ter cuidado ao atravessar a rua

e mais cuidado com o que se diz.

Então fiz minha mãe chorar

quando disse que tinha de largar a faculdade

E meu pai não entendeu quando eu disse

que estavam me mandando para outra cidade.

Meu cachorro morreu

Minha melhor amiga também.

E eu tinha que gritar revoltas para mim mesma

pois nesse meu país não se podia confiar em ninguém.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s